Para alguns a coisa pública é extensão do seu patrimônio

Em Sergipe, por exemplo, neste mês, o conselheiro UIices Andrade foi denunciado pelo Ministério Público daquele estado, sob acusação de usar um veículo oficial em benefício próprio. Ele teria pego um carro da Secretaria de Educação para transportar pedras de mármore que seriam usadas na construção da sua casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *