Prefeitura vai quebrar se IPTU for derrubado

É o que afirma o prefeito de Salvador, ACM Neto, em relação ao processo que corre no Tribunal de Justiça da Bahia e encaminhado pela OAB.

Em 2013, a Prefeitura alterou a planta genérica de valores e a OAB achou que os valores eram absurdos e geravam distorções, decidindo então, buscar o judiciário.

Não conseguiu liminar e, na nossa avaliação, não tem razão alguma para que fosse atendida.

Aumentou muito porque valorizou e o Município ficou muito tempo sem fazer nada.

Distorção como a OAB reagiu a atualização da PGV, ficando com valores menores do que a realidade por tantos anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *